Blog do Armazém:

Dicas de decoração com quadros e molduras

A colocação de quadros na parede pode valorizar a decoração da casa ou acarretar um desastre visual. “Telas mal fixadas ou em excesso acabam com o equilíbrio de qualquer ambiente”, é o que nos ensina o decorador Paulo Galvão.

As principais dicas a serem seguidas para evitar erros e garantir o sucesso da sua decoração são as seguintes:

Observe a altura do teto e dos móveis antes de escolher o local para colocar os quadros. Não precisa centralizá-los. O importante é observar o equilíbrio da composição.

Antes de furar a parede, teste a posição dos quadros no chão. Meça a distância entre eles e só depois dê continuidade ao serviço.

Use pregos de aço ou parafusos número 6. Outros materiais podem estragar a parede, além de fazer um furo muito grande, que impede que a tela fique firme na parede.

 

1. O desenho de uma moldura deve ter relação com o tema e o “peso” da obra.

Exemplo Um quadro simples e “leve” combina com uma moldura reta e pequena.

2. Uma moldura côncava aumenta a impressão de perspectiva sugerida em uma obra.

3. Uma pintura sem perspectiva pede uma moldura convexa que a solte da parede.

4. Trabalhos densos pedem molduras de linhas fortes para conter a imagem.

5. Trabalhos delicados pede molduras simples e leves.

6. Deve-se sugerir molduras com linhas para telas lineares.

7. Cores marcantes no passe-partout ajudam a separar a imagem da moldura, criando uma sensação de perspectiva.

8. Tonalidades claras como o bege devem ser usados para acentuar as cores.

9. Quando for necessário o uso do vidro caso dos trabalhos em papel, deve-se pensar na utilização de vidros antirreflexo.

10. Para pintura com cores quentes – vermelho, marrom e amarelo – predominantes, o apropriado é usar molduras de cores igualmente quentes; quando elas forem de cores frias: azul, verde e branco, o correto é a utilização de molduras prateadas ou de cores similares.

 

Comentários: